Vistos de trabalho

Existem muitas vantagens em trabalhar no exterior, alguns diferenciais que uma experiência no Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Irlanda ou Reino Unido oferecem são:

  1. Aprimoramento da língua inglesa (e em algumas províncias canadenses, francês), conhecimento e imersão em uma nova cultura.
  2. Experiência de trabalho no exterior, tornando seu currículo mais significativo e atraente, e a progressão na carreira se torna real. Aos olhos de um recrutador, uma pessoa com experiência de trabalho no exterior tem excelente adaptabilidade, visão diferente do trabalho além do conhecimento de uma língua estrangeira. Tudo isso dá uma vantagem significativa no mercado de trabalho.
  3. Novos conhecimentos, um novo olhar.
  4. Outro nível de salário.
  5. A oportunidade de permanecer no país permanentemente e obter residência e posteriormente cidadania.

Para obter o direito de trabalhar legalmente em tempo integral, você precisa ter um visto de trabalho.

Se você não for um especialista em alta demanda no país pode ser desafiador obter um visto de trabalho

Leia sobre imigração profissional no nosso artigo.

Aqueles que não pertencem aos especialistas em alta demanda não se desespere,  também é possível conseguir um visto de trabalho de outras formas, como por exemplo, estudando um diploma no país e, assim, conseguir um visto de trabalho após os estudos.

Cada país tem suas peculiaridades na obtenção de um visto de trabalho. A seguir, consideramos como são os vistos de trabalho em diferentes países.

Visto de trabalho na Austrália

Vistos de trabalho temporário incluem:

    Temporary Skill Shortage Visa – para quem tem uma oferta de um empregador credenciado. Emitido por um período de 2 a 4 anos.
    Skilled Work Regional (Provisório) visa (por até 5 anos) and Skilled Employer-Sponsored Regional (Provisório) visa – para aqueles que planejam viver e trabalhar na Austrália regional.
    Temporary Graduate Work visa – para recém graduados de universidades – por um período de 1,5 a 5 anos.
    Resident work visas (Skilled Independent visa, Skilled Nominated visa, Employer Nomination Scheme) – para especialistas extremamente qualificados. No caso do Employer Nomination Scheme, é necessário uma oferta do empregador.

Leia mais sobre visto de trabalho na Austrália.

Visto de trabalho na Nova Zelândia

    Essential Skills work visa – para especialistas altamente qualificados que receberam uma oferta de um empregador. Emitido por um período de 1 a 3 anos.
    Skilled Migrant visa – para profissionais qualificados, cuja experiência, formação, etc., atendam aos requisitos especificados na Long Term Skill Shortage List. Emitido por até 30 meses.
    Talent (Accredited Employer) Work Visa – para aqueles com habilidades específicas exigidas por um empregador credenciado. Emitido por até 30 meses.
    Working holiday visa -para pessoas com menos de 30 anos que gostariam de trabalhar e viajar na Nova Zelândia. Emitido por até 12 meses.
    Post Study Work Visa – para estudantes recém graduados. É emitido por um período de 1 a 3 anos (dependendo do programa de estudos).

Leia mais sobre trabalho na Nova Zelândia.

Visto de trabalho no Canadá

Para trabalhar no Canadá, você precisa obter uma Permissão de Trabalho:

    Open Work Permit – sem referência ao empregador, parceiros de recém graduados incluem-se aqui.
    Post-Graduate Work Permit – emitido para graduados de universidades canadenses, similar ao Open Work Permit e é concedido por 9 meses a 3 anos.
    Employer-specific work permit – para quem recebe uma oferta de um empregador que tem o direito de contratar um especialista estrangeiro.

Leia mais sobre visto de trabalho no Canadá.

Visto de trabalho no Reino Unido

Os vistos de trabalho no Reino Unido podem ser divididos em duas categorias: long-term and short-term.

Os vistos de longa duração incluem:

    Skilled Worker visa – para profissionais qualificados que receberam uma oferta de um empregador do Reino Unido. Emitido por até 5 anos. Uma extensão é possível. Ao solicitar este visto de trabalho, você precisará fornecer um comprovante de seu nível de inglês.
    Intra-company visa – para aqueles que são transferidos para uma filial no Reino Unido dentro da mesma empresa. O visto é emitido por até 9 anos (dependendo do salário, tipo de visto e outras condições).
    Sportsperson visa – para atletas e treinadores cujas realizações profissionais são reconhecidas internacionalmente. É emitido por até 3 anos com possibilidade de prorrogação por mais 3 anos.
    Minister of Religion visa – para clérigos e trabalhadores de organizações religiosas que receberam um convite da comunidade religiosa da Grã-Bretanha. Emitido por um período de até 3 anos e 1 mês.
    Health and Care Worker visa – para assistentes médicos e sociais qualificados que tenham recebido uma oferta de um empregador britânico. Ao solicitar o visto, você deve comprovar seu nível de inglês. Emitido por um prazo de até 5 anos com possibilidade de renovação.
    Global Talent visa – para aqueles considerados líderes em comunidades acadêmicas e de pesquisa, artes, cultura e tecnologias digitais. Emitido por até 5 anos. Uma extensão é possível.
    Short-term visas include Tier 5 visas (Trabalhadores temporários). Emitidos por até 12 meses. Atletas, artistas, trabalhadores religiosos, funcionários do governo e internacionais e trabalhadores sazonais são elegíveis para um visto Tier 5.

O processo de obtenção de visto de trabalho é bastante complicado, porém foi simplificado recentemente para graduados de universidades do Reino Unido.

Leia mais sobre visto de trabalho no Reino Unido.

Visto de trabalho na Irlanda

    Critical skills employment permit – Disponível para funcionários que têm uma oferta de emprego ou contrato de trabalho para trabalhar na Irlanda em uma função que paga um mínimo de € 64.000 por ano, ou um mínimo de € 32.000 por ano se o trabalho for uma ocupação de alta demanda na Irlanda .
    Spouse/partner/dependent permit: Este visto de trabalho irlandês pode ser obtido pelo cônjuge, dependente (menor de 18 anos), parceiro civil ou parceiro reconhecido de um indivíduo com um Critical Skills Employment Permit.
    Reactivation permit: Um funcionário pode ser elegível para uma autorização de reativação se ele já teve um visto de trabalho na Irlanda e deixou o programa. Existem alguns outros requisitos também, incluindo uma oferta de emprego que não seja um emprego doméstico.
    Working holiday visa: Está disponível para indivíduos que viajam para a Irlanda por até um ano e que planejam trabalhar durante sua estadia. Para se qualificar, eles devem ter entre 18 e 30 anos e ser cidadãos de uma nação selecionada: Nova Zelândia, Austrália, Estados Unidos, Chile, Coreia do Sul, Hong Kong, Taiwan ou Japão.
    Intra-company transfer permit: Este visto se aplica a funcionários de empresas multinacionais que foram transferidos para uma filial na Irlanda. A elegibilidade depende do salário do funcionário e da duração do seu contrato de trabalho.

Leia mais sobre visto de trabalho no Reino Unido.

Assine a nossa newsletter

Assine nosso boletim informativo para ficar por dentro das últimas notícias, eventos e ofertas
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Escolha o país para saber mais

Nova Zelândia

Nova Zelândia

Austrália

Austrália

Canadá

Canadá

Reino Unido

Reino Unido

Irlanda

Irlanda