Como imigrar

Imigração profissional

Talvez esse seja o tipo mais comum de imigração para países de língua inglesa. Austrália, Canadá, Nova Zelândia, Reino Unido e Irlanda têm listas aprovadas pelo Governo de profissionais em demanda. Existe uma falta de pessoal qualificado nesses países e, portanto, o Governo busca compensar essa carência com profissionais estrangeiros. Frequentemente, essas listas incluem engenheiros de diversas áreas, bem como profissionais de TI ou da saúde. No entanto, também existem profissões em áreas como finanças, agricultura, construção, proteção ambiental, etc. Se a sua especialidade estiver em uma dessas listas, você tem boas chances de conseguir imigrar para esses países nessa categoria. 

Entenda mais sobre imigração profissional. 

 

Imigração por meio do trabalho

Outra forma de imigrar é encontrar um emprego na Austrália, Canadá, Nova Zelândia, Reino Unido ou Irlanda e obter um visto temporário. Depois de alguns anos de trabalho em determinada especialidade com um visto de trabalho, você pode aplicar para a residência permanente. 

Esse método de imigração é adequado não só para profissionais em demanda, mas também para aqueles que não estão nas listas. No entanto, normalmente é muito difícil encontrar um emprego quando não se é um profissional em demanda. O empregador, nesses casos, terá que provar que ele não conseguiu encontrar nenhum trabalhador no mercado de trabalho local e que a sua candidatura é perfeita. Contudo, se você for um profissional altamente qualificado na sua área de atuação, com ampla experiência de trabalho e bom conhecimento de inglês, você pode ter sorte na sua busca. 

Entenda mais sobre a imigração por meio do trabalho.

 

Imigração através da educação

A imigração por meio da educação é um excelente opção para aqueles que não encontram as suas profissões nas listas de demanda, bem como para especialistas em demanda que não atingem a pontuação mínima para imigrar, não têm um bom nível de inglês ou têm dificuldades em encontrar um empregador. 

A principal característica dessa forma de imigração é que estudantes que se formam na Austrália, Canadá, Nova Zelândia, Reino Unido ou Irlanda recebem um visto de trabalho após os seus estudos. Via de regra, esse é um visto aberto, não ligado a nenhum empregador específico, e o graduado por usá-lo para trabalhar em qualquer ocupação. No entanto, para permanecer no país e obter a residência, você precisa encontrar um trabalho na sua área de especialização.

Entenda mais sobre imigração por meio de estudo.

 

Imigração para investidores

Cada um dos países dos quais estamos tratando oferece oportunidades de imigração para aqueles que querem investir em um negócio existente. Investidores normalmente devem ter um determinado nível de proficiência em inglês e uma quantia de capital para investir. 

Entenda mais sobre imigração para investidores. 

 

Imigração para empreendedores

Para aqueles que estão pensando em empreender, as necessidades de capital inicial são significativamente menores: AUD 200,000 na Austrália, NZD 100,000 na Nova Zelândia, £ 50,000 no Reino Unido e EUR 50,000 na Irlanda. 

Austrália, Canadá, Reino Unido e Irlanda também têm programas para empreendimentos que conseguem atrair investimento de investidores locais. Para isso, é preciso que você tenha uma ideia de negócio excepcional e convença uma organização acreditada a investir nela. 

Entenda mais sobre imigração para empreendedores. 

 

Imigração para talentos excepcionais

Você também pode se mudar para a Austrália, o Canadá, o Reino Unido ou a Irlanda se você possuir talentos extraordinários e possa fazer uma contribuição significativa para a vida cultural ou esportiva do país. Para imigrar nessa categoria, você precisará apresentar evidências dos seus méritos excepcionais: menções em veículos de mídia de massa, ter vencido competições internacionais ou campeonatos esportivos, recebimento de prêmios, etc.

A escolha do melhor caminho para você depende de uma séria de coisas: nível de inglês, qualificação, profissão, capital para investir no projeto da imigração. Se você tem dúvidas com relação à escolha do país e do caminho para imigração, entre em contato conosco. Nós te oferecemos uma consultoria gratuita e te ajudamos a encontrar a melhor opção para você. 

 

Leia mais:

Como imigrar para a Austrália

Como imigrar para a Nova Zelândia

Como imigrar para o Canadá

Como imigrar para o Reino Unido

Como imigrar para a Irlanda

 

Assine a nossa newsletter

Assine nosso boletim informativo para ficar por dentro das últimas notícias, eventos e ofertas
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Escolha o país para saber mais

Nova Zelândia

Nova Zelândia

Austrália

Austrália

Canadá

Canadá

Reino Unido

Reino Unido

Irlanda

Irlanda