Vistos de Trabalho

O Canadá é um destino popular para muitos estrangeiros que procuram trabalhar em um país com uma economia desenvolvida, salários competitivos e muitas oportunidades de crescimento e desenvolvimento profissional.

As leis trabalhistas canadenses garantem um alto nível de segurança no local de trabalho e cumprem leis e regulamentos de todos os empregadores para garantir o bem-estar de seus funcionários, e os salários de estrangeiros são, por lei, equivalentes aos de seus colegas canadenses. Além disso, algumas autorizações de trabalho canadenses permitem que cônjuges e filhos de funcionários os acompanhem até o Canadá. Ainda depois de obter experiência de trabalho no Canadá você pode melhorar suas chances em programas de imigração que levam à residência: Canadian Experience Class (CEC), o Federal Skilled Worker Program (FSWP), o Federal Skilled Trades Program (FSTP), alguns programas provinciais (PNP), programas de imigração de Quebec e alguns programas piloto de imigração, veja mais informações no nosso artigo Como imigrar.

Ao contrário dos residentes permanentes no Canadá, os não residentes (ou seja, cidadãos estrangeiros) precisam obter uma autorização especial para trabalhar no Canadá, na maioria das vezes é uma permissão de trabalho.

Existem dois tipos de permissão de trabalho:

    específica do empregador, que terá o nome da empresa, prazo e local de trabalho (emitida pelo empregador);
    Permissão de trabalho aberta, permitindo que você trabalhe para quase qualquer empregador.

Uma autorização de trabalho aberta pode ser solicitada, por exemplo, por aqueles que solicitaram residência canadense, parceiros de um estudante estrangeiro, parceiros de um candidato a residência canadense, refugiados, etc. Veja aqui se você precisa de uma autorização de trabalho para trabalhar no Canadá.

Você pode solicitar a autorização de trabalho:

    Estando no Canadá (por exemplo, se já tiver uma Permissão de Trabalho ou Permissão de Estudo válida ou for parceiro de um estudante);
    De fora do Canadá lembre-se que o tempo declarado para consideração do pedido é de 2 semanas;
    Na fronteira com o Canadá (por exemplo, se você vai estudar).

Independentemente de onde você estiver no momento em que solicitar um visto de trabalho, você precisará:

    Provar ao oficial que você deixará o Canadá após a expiração da autorização de trabalho;
    Mostrar que você tem dinheiro suficiente para si e seus familiares durante a sua estadia no Canadá e para voltar para casa;
    Cumprir a lei e, se necessário, fornecer um certificado de antecedentes criminais;
    Não representar perigo para a segurança do Canadá;
    Submeter a um exame médico, se necessário;
    Demonstrar que não planeja trabalhar para um empregador com o status de “inelegível”;
    Demonstrar que não planeja trabalhar para um empregador que oferece regularmente striptease, danças eróticas, serviços de acompanhantes ou massagem erótica;
    Se necessário, fornecer outros documentos a pedido do oficial de vistos.

Você pode solicitar permissão de trabalho, desde que tenha:

    Um convite por escrito do empregador ou um contrato de trabalho;
    E a carta do LMIA recebida pelo seu empregador canadense – às vezes, o empregador não precisa fornecer o LMIA e o número do convite do empregador é suficiente.

Na maioria dos casos, os empregadores que desejam aceitar um funcionário estrangeiro devem obter uma LMIA (Avaliação de Impacto no Mercado de Trabalho) – um documento que confirma que o empregador não conseguiu encontrar um funcionário entre os cidadãos canadenses e residentes para uma determinada vaga. Ter um LMIA permitirá que uma empresa canadense contrate um funcionário estrangeiro, e automaticamente dá ao trabalhador estrangeiro a possibilidade de solicitar uma Permissão de Trabalho ou residência.

Às vezes, não é necessário que um empregador tenha um LMIA, mas isso se aplica somente a algumas especialidades cujas atividades estão relacionadas aos NOC O e A, e a solicitação da Permissão de Trabalho é feita do exterior. O LMIA também não é necessário se um acordo internacional apropriado for assinado entre o Canadá e o país do solicitante (por exemplo, ALC Canadá-Chile), ou se estivermos falando sobre a transferência de um funcionário para o Canadá no âmbito de uma empresa multinacional.

Ao solicitar uma Permissão de Trabalho Aberta, o LMIA do empregador não é um pré-requisito.

Especialistas podem contar com o Programa de Trabalhador Estrangeiro Temporário (TFWP), que permite a contratação de estrangeiros para suprir a carência de funcionários em áreas e cargos específicos que são importantes para a economia de um território ou província.

Após a conclusão de alguns programas de diploma canadenses, os graduados podem se inscrever para a Permissão de Trabalho Após a Graduação, que é uma Permissão de Trabalho Aberta e é emitida por um período de 8 meses a 3 anos, dependendo do programa aprovado.
Leia mais em nosso artigo sobre visto de trabalho pós-estudo.

 

Se você deseja visitar o Canadá e obter uma consulta gratuita, preencha nosso formulário. Teremos o maior prazer em responder a todas as suas perguntas e encontrar a melhor opção para você.

Assine a nossa newsletter

Assine nosso boletim informativo para ficar por dentro das últimas notícias, eventos e ofertas
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Artigos recentes

FAQ: Emprego no Canadá
15 Setembro 2021

FAQ: Emprego no Canadá

Se você está procurando construir um futuro melhor para você e sua família, o Canadá é um ótimo lugar para cogitar como destino. […]

TI no Canadá: os profissionais mais procurados em 2021
13 Setembro 2021

TI no Canadá: os profissionais mais procurados em 2021

Conheça os 8 profissionais de TI mais desejados pelo mercado de trabalho canadense

15 profissões em alta no Canadá em 2021
16 Agosto 2021

15 profissões em alta no Canadá em 2021

Veja as profissões em demanda pelo mercado de trabalho canadense