Governo da Nova Zelândia permitirá a entrada de 1000 estudantes internacionais

Novidades surgindo nesta semana! Saiba mais.

 

O governo da Nova Zelândia permitirá que 1.000 estudantes internacionais de graduação e pós-graduação/mestrado retornem ao país a partir de abril, como parte do plano de recuperação da educação internacional.

O ministro da Educação, Chris Hipkins, disse que os alunos devem ser os que estavam no meio do caminho de seus estudos de graduação ou pós-graduação/mestrado no país.
Os estudantes terão que pagar pelo custo da quarentena administrada pelo governo.

Os provedores de educação têm pressionado o governo para reabrir a fronteira para estudantes estrangeiros, que valem mais de $5 bilhões por ano para a economia.

Hipkins disse que a prioridade será dada aos alunos que estiverem mais próximos de concluir sua qualificação.

“Os alunos retornarão à Nova Zelândia em fases, começando com 300 que poderão retornar a partir de abril, com os alunos restantes retornando ao longo do ano conforme a disponibilidade de local para quarentena”, disse ele.

“O retorno desses alunos não afetará a capacidade dos Kiwis de voltar para casa e é comparado com a exigência de trabalhadores qualificados para entrar no país. Eles estarão sujeitos às mesmas regras de fronteira e regime de quarentena que todas as outras chegadas – com quaisquer restrições adicionais, dependendo de onde eles vêm.”

Hipkins explicou que a principal prioridade do governo é a saúde, segurança e bem-estar de todas as pessoas na Nova Zelândia e que tem a responsabilidade de equilibrar cuidadosamente suas decisões para apoiar a recuperação econômica da Nova Zelândia.

“Esta exceção de fronteira cumpre parte do plano de recuperação da educação internacional. Ela ressalta o compromisso do governo com o setor de educação internacional, que é importante na recuperação econômica de longo prazo do país a partir da Covid-19”, disse ele.

Hipkins afirmou que os alunos precisariam reservar seu espaço por meio do sistema de alocação e seriam cobrados os encargos padrão para o isolamento controlado.

A exigência de comprovação financeira aumentará de NZ$15.000 anual para NZ$20.000.

O Ministério da Educação determinará os critérios de distribuição das vagas.

Os estudantes internacionais sob esta exceção devem solicitar e obter um novo visto de estudante de acordo com os novos requisitos da imigração.
Parceiros e filhos dependentes podem ser incluídos nas solicitações.

 

Fonte: https://www.tvnz.co.nz/one-news/new-zealand/government-announces-border-exemption-1000-more-international-university-students

Assine a nossa newsletter

Assine nosso boletim informativo para ficar por dentro das últimas notícias, eventos e ofertas
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Artigos recentes

Nova Zelândia irá permitir a entrada de estudantes internacionais!
21 Outubro 2021

Nova Zelândia irá permitir a entrada de estudantes internacionais!

Exceção de fronteira foi anunciada para 1.000 alunos

Working Holiday e Seasonal Work visas estendidos por mais seis meses!
12 Outubro 2021

Working Holiday e Seasonal Work visas estendidos por mais seis meses!

Milhares de trabalhadores poderão permanecer no país por mais seis meses.

Imigração da Nova Zelândia anuncia novo visto de residência!
29 Setembro 2021

Imigração da Nova Zelândia anuncia novo visto de residência!

Alguns portadores de visto de trabalho atualmente na Nova Zelândia, bem como alguns portadores de visto de visitante para fins críticos, podem se qualificar para solicit...