Atualização das fronteiras da Nova Zelândia

Mais trabalhadores considerados críticos  poderão entrar no país.

 

 

A primeira-ministra Jacinda Ardern anunciou ontem (10) que espaços em isolamento gerenciado e instalações de quarentena serão liberados nos próximos 10 meses, muitos dos quais estarão disponíveis para trabalhadores considerados qualificados e críticos.

Ardern anunciou que 500 quartos em isolamento controlado e quarentena (MIQ) serão reservados a cada quinze dias para os seguintes grupos:

– 300 trabalhadores para o setor de horticultura, todos os meses a partir de junho, totalizando 2.400 pessoas até março de 2022;

– cerca de 300 trabalhadores especializados em construção civil entre junho e outubro;

– 400 alunos internacionais que chegarão em junho, dos 1000 anunciados anteriormente; (saiba mais sobre AQUI)

– 100 refugiados a cada seis semanas a partir de julho;

“Os últimos 13 meses foram difíceis para muitos, mas foram particularmente desafiadores para nossos setores de agricultura, horticultura e viticultura”, disse Ardern.

Mas o destaque do pronunciamento ficou por conta do anúncio da carência imediata por profissionais da área da construção, especialmente engenheiros.

 

IMIGRAÇÃO PARA ENGENHEIROS – TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER

 

Segundo Ardern, os trabalhadores da construção ajudariam em projetos de infraestrutura crítica. O Construction Sector Accord continuará a trabalhar com a indústria para priorizar os tipos específicos de habilidades necessárias para o país, ressaltando principalmente a demanda por engenheiros civis e estruturais, gerentes de projeto e uma gama de trabalhadores técnicos especializados, como modeladores hidráulicos e especialistas em transporte de massa.

O ministro da Agricultura, Damien O’Connor, disse que os espaços disponíveis e as exceções de fronteira fornecerão “aos setores de agricultura, horticultura e viticultura a força de trabalho adicional para apoiar nossas comunidades rurais e ajudar a impulsionar a recuperação econômica da Nova Zelândia”.

Fonte: https://www.rnz.co.nz/news/political/442248/seasonal-migrant-workers-into-new-zealand-to-increase-ardern

 

VEJA TAMBÉM

VIDA NA NOVA ZELÂNDIA – PRÓS E CONTRAS

Assine a nossa newsletter

Assine nosso boletim informativo para ficar por dentro das últimas notícias, eventos e ofertas
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Artigos recentes

Reabertura das fronteiras da Nova Zelândia
12 Agosto 2021

Reabertura das fronteiras da Nova Zelândia

Saiba mais sobre o último pronunciamento do governo.

Atualização das fronteiras da Nova Zelândia
2 Agosto 2021

Atualização das fronteiras da Nova Zelândia

A primeira-ministra Jacinda Ardern irá definir na próxima semana como o governo planeja abrir as fronteiras do país

Trabalho na Nova Zelândia: cresce oferta de emprego por falta de candidatos
10 Julho 2021

Trabalho na Nova Zelândia: cresce oferta de emprego por falta de candidatos

País registra número recorde de anúncios de vagas publicadas no último trimestre. Saiba mais.