Atualização das fronteiras da Nova Zelândia

Novo corredor de viagens e planos para a próxima semana 

A Nova Zelândia anunciou nesta segunda-feira (2) a abertura do corredor de viagens livre de quarentena para Tonga, Samoa e Vanuatu.

A primeira-ministra Jacinda Ardern explicou em entrevista coletiva que os trabalhadores sazonais de Tonga, Samoa e Vanuatu terão permissão para viajar para a Nova Zelândia sem passar pelo isolamento e quarentena gerenciados de 14 dias.

Mais discussões serão realizadas na próxima semana para finalizar a decisão, disse Ardern.

A nova viagem sem quarentena para trabalhadores sazonais ajudará as indústrias que dependem de trabalhadores do Pacífico, como horticultura e agricultura, disse ela.

Os três países do Pacífico administraram bem a Covid-19, sem registro de transmissões na comunidade. Tonga não teve nenhum caso de Covid-19, Samoa apenas um e Vanuatu teve quatro – todos esses casos ocorreram na fronteira sem transmissão comunitária.

“Sabemos que nosso setor agrícola está passando por desafios”, disse ela. “Ouvimos o apelo de setores primários e outros para trazer trabalhadores adicionais de uma forma segura e pensamos que agora é possível.”

O governo também está estudando precauções adicionais de saúde para os trabalhadores.

Os viajantes ainda serão submetidos à quarentena ao retornar ao seu país de origem,  seguindo a política de seu país de origem.

O Ministro da Imigração, Kris Faafoi, disse à imprensa que tem conversado com a indústria, e as empresas estão ansiosas  para garantir que haja trabalhadores suficientes para atender às demandas do setor de horticultura.

 

 

Planos sobre a reabertura das fronteiras definidos para serem revelados na próxima semana

A primeira-ministra irá definir na próxima semana se e como o governo planeja abrir as fronteiras do país.
Na próxima quinta-feira, 12 de agosto, Ardern estabelecerá a abordagem futura do governo, as medidas de saúde pública e divulgará o conselho de especialistas sobre como reabrir as fronteiras com segurança.

O grupo de especialistas, liderado pelo epidemiologista Sir David Skegg, foi criado em abril para aconselhar o governo nas decisões cruciais da Covid-19, especialmente no gerenciamento de fronteiras.

Eles foram encarregados de reportar ao governo sobre:

    Taxas de vacinação e cenários em caso de reabertura das fronteiras;
    Interpretar dados científicos para quaisquer decisões na fronteira;
    Proteções de saúde pública;
    Consideração do “risco residual da população não imunizada e das necessidades de capacidade do sistema de saúde associadas”, uma vez que as fronteiras sejam abertas.

Continue nos acompanhando para saber das últimas notícias sobre a Nova Zelândia.

 

Veja também 

Como se preparar para viajar para a Nova Zelândia 

Assine a nossa newsletter

Assine nosso boletim informativo para ficar por dentro das últimas notícias, eventos e ofertas
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Artigos recentes

Nova Zelândia irá permitir a entrada de estudantes internacionais!
21 Outubro 2021

Nova Zelândia irá permitir a entrada de estudantes internacionais!

Exceção de fronteira foi anunciada para 1.000 alunos

Working Holiday e Seasonal Work visas estendidos por mais seis meses!
12 Outubro 2021

Working Holiday e Seasonal Work visas estendidos por mais seis meses!

Milhares de trabalhadores poderão permanecer no país por mais seis meses.

Imigração da Nova Zelândia anuncia novo visto de residência!
29 Setembro 2021

Imigração da Nova Zelândia anuncia novo visto de residência!

Alguns portadores de visto de trabalho atualmente na Nova Zelândia, bem como alguns portadores de visto de visitante para fins críticos, podem se qualificar para solicit...