Ensino superior

O Reino Unido é um país com um grande número de instituições de ensino entre as melhores do mundo (Oxford, Cambridge, Universidades de Edimburgo e Manchester, Universidades de Glasgow e Bristol). Um diploma britânico é altamente valorizado no mundo e pode aumentar significativamente as suas chances de encontrar um emprego nas maiores multinacionais, além disso, as universidades britânicas oferecem um grande número de qualificações altamente especializadas. É possível encontrar qualificações que não existem em nenhum outro lugar do mundo, cada programa contém um excelente equilíbrio entre teoria e prática, existe a possibilidade de frequentar um estágio no chamado “ano sanduíche” (Sandwich year) em um empresa do Reino Unido. Essa educação te oferece não só uma vantagem competitiva no mercado de trabalho ou te torna um especialista procurado, mas é também extremamente importante para seu desenvolvimento pessoal e profissional.

Características distintivas do ensino superior no Reino Unido

O Ensino Superior é flexível para estudantes internacionais que estudaram por menos de 13 anos na escola, é necessário fazer um programa preparatório especial, chamado Foundation ou International Year 1. Esses cursos irão te auxiliar a se adaptar melhor ao país e a escolher a direção desejada para a sua educação, também é possível passar primeiro pelo Pre-Master antes de iniciar um mestrado.
Pode ser obtido em uma universidade, escola técnica ou faculdade.
Uma característica interessante do ensino no Reino Unido é que o estudante pode assistir a seminários e aulas de outras faculdades, o que permite que ele receba uma dupla qualificação. Em média, um bacharelado irá levar cerca de 3 anos (especialidades médicas requerem 7 anos).

 

Custo

O Ensino Superior é pago tanto para cidadãos britânicos, quanto para estudantes internacionais. Para cidadãos, é possível obter um financiamento estudantil, o que permite que o estudante pague o valor investido na educação depois que iniciar a trabalhar. Existem subsídios parciais e bolsas de estudos disponíveis em cada instituição de ensino, cada bolsa tem seus próprios critérios, mas são poucos os estudantes que as recebem.

O custo dos programas para estudantes internacionais podem variar entre GBP 12.000 e GBP 63.000 por ano e dependem da instituição de ensino e do programa de estudos – cursos de áreas técnicas custam cerca do mesmo valor que os cursos de humanas. Um MBA pode custar entre GBP 25.000 e GBP 27.000 por ano e um mestrado regular custa cerca de GBP 20.000.

O preço depende da classificação da universidade, quantidade de professores, contatos com o mercado, quem são seus mentores, quem são seus egressos, citações de trabalhos e outros fatores, incluindo popularidade, por exemplo, qualquer universidade em Londres é mais popular e pode ser mais cara que uma universidade mais bem classificada fora de Londres. O curso também pode ser influenciado pelo nível do programa (bacharelado, mestrado, pós-graduação) – mestrados são mais caros que bacharelados.

As universidades se distinguem por sua independência; algumas se caracterizam pela presença de uma infraestrutura própria, não relacionada com a cidade, o que permite que os estudantes se dediquem aos estudos de maneira confortável, sem precisar sair do campus (suas próprias academias de ginástica, cantinas, lojas, museus, lavanderias). Algumas universidades rurais estão localizadas em áreas remotas no interior e são assentamentos separados.

As universidades têm um sistema bem desenvolvido de uniões e comunidades estudantis, a maioria esmagadora dos estudantes fazem parte de algum clube de hobby, ou pelo menos 2 ou 3 deles. Existem clubes que cobram não só essa ou aquela universidade, mas operam em nível regional ou, até mesmo, nacional. Os grandes clubes são financiados pelas universidades, e seus membros podem receber descontos em viagens e refeições e vários outros benefícios.

Os estudantes do 2° ano em diante podem escolher as matérias mais relevantes para os seus cursos, apesar de existir uma lista de matérias obrigatórias. Depois dessa escolha, a universidade elabora o horário das aulas, os estudantes podem auditar as aulas escolhidas por algumas semanas e podem fazer alterações nos módulos (se as aulas de Economia são segunda-feira às 10 da manhã, o estudante não poderá assistir às aulas em outro horário).
Cada universidade tem a sua política de faltas, os estudantes devem assistir a todas as aulas, que seriam cerca de 35 horas por semana. As universidades monitoram de perto a presença dos alunos e oferecem ajuda se o estudante, de repente, começa a faltar às aulas.

Os estudantes são avaliados em seminários (aulas práticas depois das aulas teóricas), e ao mesmo tempo, alguns trabalhos devem ser entregues. Cada universidade tem as suas próprias regras de reprovação, normalmente, é possível repetir a matéria 1-2 vezes por uma taxa adicional. Qualquer trabalho deve ser feito de maneira independente e criativa; o uso do trabalho de outras pessoas não é permitido e colar também é não só vergonhoso, mas inaceitável.

A maior parte das instituições de ensino têm equipamentos técnicos e bibliotecas excelentes, e os estudantes têm acesso a todas as condições necessárias para um aprendizado efetivo. Nos campi, os estudantes têm acesso a impressoras 3D, serviço social, mentorias, etc. cada funcionário da universidade trabalha de maneira a garantir que o estudante tenha onde aprender, o quê aprender e que tudo seja fácil, acessível e visível.

Tudo que se exige do estudante é o desejo de aprender.

Depois de se formar no Reino Unido, os estudantes têm diversas opções:

    Continuar sua educação com cursos de pós-graduação, MBA ou Ph.D;
    Buscar um emprego;
    Voltar para casa.

O mais comum para estudantes internacionais é que eles procurem um emprego no Reino Unido ou retornem para seus países de origem. Em 2017-2018, 91% dos alunos entrevistados estavam trabalhando ou estavam prestes a iniciar um trabalho ou continuar seus estudos cerca de 15 meses depois da formatura, 30% deles eram de países fora da União Europeia.

Leia mais sobre o visto de trabalho disponível para formandos no nosso artigo.

Assine a nossa newsletter

Assine nosso boletim informativo para ficar por dentro das últimas notícias, eventos e ofertas
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Artigos recentes

Sistema de educação escolar
9 Julho 2021

Sistema de educação escolar

Como as escolas públicas no Reino Unido diferem das escolas privadas e como fazer a escolha certa, iremos considerar neste artigo.

Como escolher uma universidade?
9 Julho 2021

Como escolher uma universidade?

Nesse artigo, nós iremos falar do passo a passo para te ajudar a escolher a universidade e o programa de estudos mais adequado para você no Reino Unido.

Cursos de Inglês
9 Julho 2021

Cursos de Inglês

Não é nenhum segredo que a melhor maneira de se aprender um novo idioma é estando imerso no ambiente de falantes nativos. Enquanto você estuda inglês no Reino Unido, voc...