Imigração Profissional

Em 2021, o Reino Unido saiu da União Europeia através do Brexit, o que resultou em uma mudança nas regras de imigração de forma positiva para outros cidadãos.

Para trabalhar no Reino Unido, você precisa de um Skilled Worker Visa. O visto de trabalhador qualificado engloba trabalhadores de várias áreas e inclui cinco subcategorias:

  • Skilled Worker visa – a categoria mais popular, adequada para trabalhadores qualificados que receberam oferta de uma empresa britânica licenciada, bem como especialistas em áreas incluída na lista de profissões aceitas ou em demanda;
  • Intra-Company Visa – para funcionários qualificados de empresas internacionais que receberam uma oferta na filial do Reino Unido;
  • Sportsperson Visa – para atletas e treinadores altamente qualificados;
  • Minister of Religion Visa – para clérigos, membros de uma ordem religiosa ou missionários;
  • Health and Care Worker Visa – para profissionais de saúde, foi inaugurada em 2020 devido à grande necessidade de profissionais de saúde qualificados.

Para obter um visto, você deve cumprir uma série de requisitos, sendo que o principal é juntar 70 pontos. A partir dos pré-requisitos: um convite para trabalhar de um patrocinador licenciado, um nível suficiente de inglês e sua profissão estar na lista de aceitáveis. Os pontos também são obtidos por meio da educação, do nível de salário oferecido e da relevância desta profissão no mercado do Reino Unido no momento da solicitação do visto.

O nível de inglês deve ser pelo menos B1 – Lista de testes de idioma aprovados.

O visto inicial é emitido por até 5 anos, após esse período o funcionário pode solicitar residência ou estender o visto de trabalho.

A diferença nas condições para obter um visto após o Reino Unido ter saído da União Européia (Brexit):

    Limite de salário total reduzido de £ 30.000 para £ 25.600;
    O limite mínimo de habilidade por posição foi reduzido de NQF Nível 6 para NQF Nível 3 para solicitações de visto;
    As empresas patrocinadoras não precisarão mais fazer um teste de mercado local para comprovar a necessidade de um candidato estrangeiro;
    O “período de reflexão” (cooling-off period) de 12 meses e a permanência máxima de 6 anos foram removidos;
    A lista de profissões permitidas aumentou significativamente e inclui quase todas as profissões possíveis (especialmente operários);
    O limite salarial de £ 35.800 para solicitações de Residência Permanente foi substituído por £ 25.600.

O salário mínimo do Skilled Worker Visa agora pode ser de pelo menos £ 10,10 por hora, mesmo se o salário anual exceder £ 25.600 por ano (ou limites anuais mais baixos para novos ingressantes, empregos escassos e pessoas com doutorado).

Um empregador pode oferecer 80% do salário médio para aqueles cuja profissão está em alta demanda no Reino Unido. Por exemplo, em abril de 2021, a lista inclui especialistas e designers de TI, bem como engenheiros, cientistas e até dançarinos e músicos.

No Intra-Company Visa o candidato deve marcar 50 pontos de acordo com os seguintes critérios:

    30 pontos – um certificado de patrocínio de um empregador licenciado;
    20 pontos – nível adequado do salário oferecido.

Os imigrantes com este visto não são elegíveis para solicitar licença indefinida para permanecer (ILR -Indefinite Leave to Remain ) e cidadania britânica.

Para as categorias de Visto de Esportista e Visto de Ministro da Religião, os candidatos recebem 50 pontos por terem um certificado de patrocínio. Os imigrantes nessas categorias são elegíveis para residência permanente após 5 anos no Reino Unido.

Os candidatos a visto de trabalhador qualificado precisarão comprovar renda do Código de Prática ou superior ao se candidatarem ao ILR, a menos que sua posição esteja na Lista de Ocupações em Escassez. Ao mesmo tempo, o empregador patrocinador deve confirmar que o funcionário ainda está em demanda e seu salário corresponde ao nível previsto para sua posição, também será necessário passar no teste Life in the UK e no teste de língua inglesa (o resultado não deve ser inferior a B1, de acordo com o esquema europeu do CEFR) e sem registros criminais pendentes.

Claro, a maneira mais fácil é encontrar um emprego no Reino Unido para aqueles cuja especialidade esteja incluída na lista de profissões em alta demanda. Neste caso, o procedimento de contratação é simplificado tanto quanto possível. No entanto, nem todos os empregadores estão dispostos a convidar estrangeiros para trabalhar.
Uma prática comum hoje é realizar uma seleção remotamente e encontrar especialistas que irão resolver de forma mais eficaz os problemas da empresa. Algumas empresas estão dispostas a pagar passagens para uma entrevista e até mesmo alguns custos iniciais.

Assine a nossa newsletter

Assine nosso boletim informativo para ficar por dentro das últimas notícias, eventos e ofertas
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Artigos recentes

Imigração através de Trabalho
9 Julho 2021

Imigração através de Trabalho

Como solicitar e qual a peculiaridade dos vistos de trabalho neste artigo

Imigração para investidores
9 Julho 2021

Imigração para investidores

Peculiaridades da obtenção de um visto para investidores

Imigração para Empreendedores
9 Julho 2021

Imigração para Empreendedores

O Reino Unido é um dos melhores países para se abrir o próprio negócio. O sistema bancário do Reino Unido possui um altíssimo […]